PT

ENG

Há alguns anos, era normal na sociedade a imagem de um comboio a subir a serra deitando novelos de fumo; a velocidade e a potência dos automóveis desenhados também dependia da quantidade de fumo que saía pelos escapes.

Hoje tudo isto é passado.

 

Os actuais desenhos representam os comboios de alta velocidade e carros com linhas aerodinâmicas dos quais se não vê qualquer vestígio de fumo.

 

A DCL Internacional, fundada em 1986 sob o modelo familiar, ocupa actualmente uma posição de líder mundial em pesquisa; design; engenharia; fabrico; instalação e manutenção de tecnologia avançada no controle de emissões de gases nocivos para a atmosfera, provenientes da combustão de motores Diesel e ou de gasolina.

 

Com sede em Ontário, Canadá, tem a produção assente em duas unidades fabris. Com delegações em cerca de 30 países; em Portugal é representada em regime de exclusividade pela Maquinter de Portugal.

 

A sua integração vertical permite que a DCL se caracterize com um perfil empresarial inovador; flexível e simultaneamente com padrões rígidos de controle de qualidade em todas as fases de produção.  O seu modelo vertical conduz igualmente a que empresa forneça produtos de alto volume; volume baixo ou protótipos personalizados bem como caixas industriais de elevado volume.

 

A sua gama de produtos contempla conversores catalíticos; silenciadores catalíticos; fibras de partículas diesel; silenciadores de acções entre outros.

 

 

A aplicação de catalíticos MINE – X nos sistemas de escape, fornecidos pela DCL, reduz em mais de 60% a fracção de partículas Diesel (DPM),  95% do monóxido de carbono ( CO ) e 85% de hidrocarbonetos ( HC ), normalmente produzidos no funcionamento de motores Diesel e a gasolina.

 

A redução das emissões de partículas diesel para a atmosfera provenientes dos motores Diesel é um grande desafio a que estão sujeitas tanto a Europa como o Japão e os Estados Unidos. Hoje em dia, este assunto tem sido parcialmente solucionado com a maioria dos carros utilitários, com a utilização de catalíticos. Contudo, na utilização de motores estacionários de geradores, de locomotivas e de outras aplicações em que são utilizados motores de grande cavalagem, torna-se imprescindível uma nova abordagem tendente a solucionar esta questão.

 

A tecnologia designada por “Flow-Through Filter” responde positivamente a estas aplicações, uma vez que requer poucos cuidados de manutenção, tem grande tolerância á deficiente queima de gasóleo e é recomendada para os casos de motores com elevados índices de emissão de partículas.

 

Ao ser considerada a utilização de filtros de partículas para qualquer tipo de motor Diesel, tem de ser tida em linha de conta a sua regeneração ou seja, a queima da fracção acumulada.

 

O sucesso ou o fracasso da utilização de filtros de partículas, depende largamente do modo como são regenerados, do tipo de revestimento catalítico utilizado, do ciclo de carga do motor e das características dos gases de escape.

 

A paragem dos equipamentos, devida á necessidade de limpeza do filtro, devida a deficiente taxa de regeneração, ou para os trabalhos de manutenção programados, são sempre de difícil aceitação tanto para os casos de locomotivas e ou de instalações fixas, tais como geradores etc.

 

O processo utilizado pela DCL, assemelha-se ao catalítico convencional anteriormente utilizado na redução de emissões nos motores a combustão, com a vantagem de não ser facilmente colmatado e isento de qualquer tipo de manutenção ou conservação.

 

O respectivo favo de abelha metálico, foi redesenhado, de forma a atingir os objectivos acima mencionados.

 

A utilização do MINE – X ULTRA, reduz também em cerca de 90% a fracção de NOx. Como é sabido a concentração de monóxido de carbono na área de

 

A DCL, DIESEL CONTROLS LIMITED, está certificada pela ISO 9001

MENU

PRODUTOS

Maquinter de Portugal © 2015. Todos os direitos reservados. WEB DESIGN Rui Barba